por Daniela Labra

cuiabaweb23

foto da performer antes da ação “Travessia Vegetação” de Flavia Vivacqua

 

O Eco Empreendedorismo pelo olhar da Arte Contemporânea

                                         

Curadoria: Daniela Labra (RJ)

Artistas participantes:

Flávia Vivacqua (SP), Gervane de Paula (MT), Grupo Poro (BH), Lara Matana (MT), Lia Chaia (SP), Raquel Kogan (SP) e Vitória Basaia (MT)

 

            A apreciação da arte atual freqüentemente dispensa o olhar contemplativo, distante, e se dá por canais outros que não são apenas o da beleza e da forma técnica. A arte hoje tem mais do que finalidade estética sendo uma ferramenta para estimular o intelecto. Uma proposta artística pode portanto instigar, criar, transformar a vida daquele que a encara.

Compreendendo o potencial questionador de uma obra de arte, sete artistas atuantes no meio foram convidados para apresentar projetos de arte lúdicos e instigantes, pensados em relação a este evento que não é especificamente artístico. A diretriz conceitual da curadoria busca os desafios e as possibilidades em assumir a arte como estimulante crítico neste espaço, aquilo que nos faz refletir sobre o mundo onde vivemos e empreendemos.

As obras estão situadas na entrada do Centro de Convenções e pela sua área interna. Discutem, a seu modo, a industrialização da natureza e nosso lugar em meio a esse processo. Foram trazidos vídeos, instalações, esculturas táteis, performances e obras multimídia. Há projetos inéditos e outros já apresentados em exposições de arte contemporânea dentro e fora do Brasil.

Dos artistas do Sudeste, nenhum deles expôs anteriormente no Centro-Oeste, sendo esta uma possibilidade de contato entre as partes. Atentando para a arte que se tece nos centros urbanizados trazemos o concreto de lá para conversar com o daqui. Cuiabá-Cimento-Digital.

Para oferecer propostas artísticas relevantes nesta situação de evento, foi necessária a presença dos artistas no período de montagem junto à produção local, num processo de realização em conjunto. Quem trabalha com arte entende a idéia da arte-vida como um empreendimento. Quando trabalhamos, criamos e vivemos.

O visitante deste evento, interessado na situação do Eco empreendedorismo e da responsabilidade ambiental, pode ficar surpreso com os projetos artísticos que encontrará pelo local.

                  A natureza no Brasil, brutal e farta, deixa marcas em todos os seus habitantes. O mesmo se pode dizer de seus centros urbanos em multiplicação.  

   Daniela Labra

Setembro, 2006

 

Anúncios

O que está sentindo ?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s