JARDIM DE UTOPIAS POSSIVEIS

PLANTE

PENSAMENTOS,

PALAVRAS

E

AÇÕES

SUSTENTAVEIS

Este slideshow necessita de JavaScript.

NA

SERRA DA MANTIQUEIRA!

  

Jardim de utopias possíveis

de Flavia Vivacqua

é uma ação de arte e intervenção publica

que se propõem a partir de conceitos de experiência direta,

tecnologias sociais, permacultura, design cultural e sustentabilidade.

*Curadoria de Eduardo Srur – ATTACK para Mostra de Artes do Festival SWU

e parceria com NEXO CULTURAL Agencia de Design Cultural e Sustentabilidade 

 

A proposta apresenta duas etapas:

1)Utopias Possíveis: ação de coleta e semeadura dos sonhos, desejos e sugestões para uma visão de futuro de um mundo sustentável. (Ação Direta durante o Festival SWU).

2)O Jardim: mutirão para o plantio e florescimento dos sonhos, desejos e sugestões sustentáveis em pró da Biorregião da Serra da Mantiqueira. (Intervenção Publica após o Festival SWU).

UTOPIAS POSSIVEIS:

Traz uma sabedoria ancestral de que o pensamento alimenta as palavras, que por sua vez alimentam as escolhas do fazer humano e suas ações, fundamentais para evoluirmos em um futuro sustentável. 

Encontramos na única árvore da arena central da Fazenda Maeda o local ideal para a coleta dos sonhos, desejos e sugestões sustentáveis. 

Inspirado no Festival oriental da “Árvore do Tanabata” que celebra a lenda do encontro anual das estrelas das Vega e Altair: a princesa e tecelã Orihime e o senhor do gado Kengyu, que ao se conhecerem entregaram-se apenas às paixões, esquecendo-se das obrigações. Foram então transformados pelo Pai Celestial nas estrelas Vega e Altair, separados pela Via Láctea, podendo porém encontrar-se uma vez ao ano. Diz a lenda que os pedidos feitos com fé, ao serem oferecidos para as estrelas, serão atendidos. A crença popular aponta que, uma vez por ano, quando as estrelas Altair e Vega se encontram, todos os pedidos que vem da Terra devem ser atendidos. Nos eventos de PAZ a Árvore do Tanabata tem apenas papéis brancos simbolizando os pedidos de PAZ.   

Como se dará a dinâmica coletiva da ação artística? 

Próximo a árvore localizada na arena central, haverá uma tenda ecológica construída como base para três jardineiras-artistas, monitoras, que orientarão sobre a proposta do Jardim de Utopias Possíveis

No período de atividade que será das 10hs às 18hs durante os três dias de Festival SWU, cada participante interessado irá escreve seu pensamento ou desenho em um cartão de papel semente, amarrando-o na copa da árvore.

  

Teremos uma árvore de utopias possíveis

como um ato simbólico

repleto de intento

para um futuro sustentável!

 

O JARDIM: 

Após a coleta e celebração dos sonhos, desejos e sugestões sustentáveis dos participantes interessados durante o Festival SWU, todas as mensagens serão recolhidas da arvore e levadas para uma intervenção publica pró biorregião da Serra da Mantiqueira.

Por que na Serra da Mantiqueira?

Uma seqüência de montanhas geograficamente eqüidistante das cidades mais populosas do Brasil (São Paulo – Belo Horizonte – Rio de Janeiro), desde 1985 tornou-se uma APA – Área de Preservação Ambiental, que abrange 4.350 km2, situados em 25 municípios de três estados (SP – MG – RJ), quase sempre onde as altitudes ultrapassam 1.000 metros.

 Amanty kira, como os povos ancestrais já lhe chamavam, é ondenascem as águas, os rios que abastecem milhões de habitantes da região mais desenvolvida do país, seja para uso doméstico, industrial e agrícola, seja para geração de energia. Pode-se dizer que a sobrevivência das megalópoles no entorno da Mantiqueira depende da preservação de suas fontes e florestas, vestígios da Mata Atlântica de altitude que outrora cobria enorme extensão do Brasil.

 Hoje, com a construção das estradas que intensificam desenfreadamente o acesso aos municípios da APA que ainda não tem um plano diretor definido que garanta a segurança necessária, ampliando o turismo predatório e ganancioso; além dos exploradores de água potável; a ocupação do solo por habitações irregulares e o desmatamento que sobe montanhas;

 A Intervenção Publica Jardim da Utopias Possíveis é a chance de articular lideranças e organizações importantes na Biorregião e das cidades fronteiriças da Serra da Mantiqueira, possibilitando gerar visibilidade para uma causa fundamental, sócio-cultural-ambiental, que diz respeito a todos nós!

 

Qual a Dinâmica Coletiva para realizar o Jardim?

A proposta é realizar um jardim publico, fundado na Permacultura, por meio de um mutirão com participantes das cidades urbanas e das comunidades locais, promovendo a melhor integração cidade-campo, articulando as instancias governamentais, lideranças comunitárias e habitantes. Para tanto, necessitamos eleger um espaço adequado, realizar o mutirão de plantio com os papeis sementes e a manutenção do jardim. Além de dar visibilidade as causas sócio ambientais da Biorregião da Serra da Mantiqueira.

Qual a importância de um Jardim de Flores para o ecosistema?

As flores são de importância vital na ecologia do meio ambiente. Sem elas os insetos não podem se alimentar e assim fazerem a polinização das plantas. Sem a polinização não haveria mais flores e nem frutos, alimentos ou florestas.

 Qual o projeto do Jardim?

Ainda precisamos definir o local, para adequar o desenho do Jardim, mas certamente seguiremos os princípios da Permacultura e das formas orgânicas da natureza, e o jardim terá seu formato em espiral com bordas sinuosas, potencializando a ocupação do espaço, a biodiversidade e a inteligência e estética natural.

Anúncios

O que está sentindo ?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s